Mês das Noivas: conheça a história da tradição e a origem do Dia da Noiva

Na história dos casamentos, muito ouve-se falar sobre o mês de maio. Você com certeza já escutou que esse é o Mês das Noivas; mas sabe por que, exatamente, isso é dito? 

Apesar de ser conhecida, a tradição não tem um motivo concreto: são teorias e costumes passados através das gerações. A explicação da história relaciona-se, principalmente, ao Hemisfério Norte. Por lá, o ápice da primavera acontece em maio, e é quando as flores — fortemente ligadas aos casamentos — aparecem e dão mais vida aos ambientes. 

Outra teoria, de cunho religioso, envolve o fato de maio ser o mês oficial de celebração à figura de Maria, mãe de Jesus Cristo. Sendo assim, a influência do catolicismo contribuiu para a consolidação do mês de maio como “o Mês das Noivas”.

No entanto, é sabido que, com a preparação adequada e todo o amor envolvido, as celebrações de casamento podem prosperar em qualquer época do ano. Parte dessa preparação envolve o Dia da Noiva, momento único de autocuidado criado pela Rede Jacques Janine.

A história do Dia da Noiva

Na década de 1970, nossos fundadores, Jacques e Janine Goossens visitaram a Índia. Nesse momento, o que era uma viagem de férias se tornou o início de uma tradição que perduraria por muitos anos e seria conhecida em todo o país: o Dia da Noiva.

Janine encantou-se com a cultura indiana dos casamentos: as noivas iniciavam sua preparação para o grande dia com meses de antecedência, tendo seus corpos pintados e fazendo festas de celebração. Percebendo que não havia tradição parecida no Brasil, Janine instaurou, na Rede Jacques Janine, o serviço de Dia da Noiva. 

Trata-se de um momento de preparação e cuidados completamente dedicado ao relaxamento e ao bem-estar da noiva. Serviços como massagem relaxante, banho de hidromassagem, refeições, penteado e maquiagem podem ser feitos horas antes do momento da união.

Com o passar dos anos, a prática do Dia da Noiva passou a ser adotada por salões de beleza de todo o país, instaurando-se como uma linda tradição indispensável ao grande dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima